sexta-feira, 16 de julho de 2010

SANIDADE...




...O céu esconde oque eu queria ver.
Estrelas são olhos na escuridão.As noites inundada pela imensidão
invade as portas da solidão.
No universo nada é separado ,nada é excomungado é so união.
O resto é ilusão... entre o caos e a ordem se fez a conciliação...
Oh!!então de quem é a sanidade??se tens medo com pedras na mãos?
Oh!! então de quem é a verdade?
quando ainda lavam -se as mãos?
Sabe queria ter uma vida normal...
Queria poder sentir mais igual...
Queria poder dormir quando a noite vem...
Queria poder sonhar com flores caindo das maõs...
Mas há uma cruz pesada em mim.
São espinhos que não para de sangrar em vão.
Tantas culpas inventadas...
Então de quem é a sanidade???
Quantos ainda me espera com pedras nas mãos?
de quem é a verdade??
Quantos ainda so lavam -se as mãos?
Eu so queria dormir um pouquinho e sonhar com flores caindo
das mãos...














É surpeendente!!! Como você consegue falar direto com meu coração
Sem ao menos dizer uma palavra? você consegue de uma maneira tão sua iluminar a escuridão.
Mesmo que eu tentasse, eu nunca conseguiria explicar
O que eu ouço quando você não diz nada... video


O universo gira em mim
E o tempo é ilusão...
Dou de volta o que eu quis
Só pra ser feliz...
Mudo regras e sinais
Viro contramão...
O que fui eu não sou mais
O que vem se vai
Nada é permanente nem igual
E continua a mudar....
Quero ir além!!!
Ver o bem que está dentro do mal
E aprender a aceitar
Tudo o que vem, tudo o que vai
Tudo que foi e o que sou
Tudo que tenho e o que não tenho...
E tudo que a vida me negou.
Eu ando zen
Eu ando ninguém
E deixo sempre dúvidas soltas no ar...
Não sei dizer, não procuro saber
Nem tão pouco tento adivinhar... talvez
Um mergulho em outro mar.Quem sabe?
O fundo da questão é:Gosto de trocar
tudo de lugar, mudar de estação
Eu nasci pra inventar, adoro recriar do nada...
com o tempo aprendi a caminhar pela margem da estrada
e ficar observando lentamente tudo passar...
meio que deixar tudo existir...
Eu insisto em chegar e partir...
Quero filmar outro filme de mim
Num roteiro sem fim!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário