domingo, 25 de julho de 2010

Violência Doméstica, não pactue com essa covardia!!!



Uma mulher sozinha e indefesa contra um grupo de homens. O que as investigações sobre o caso Bruno indicam, a respeito do fim da modelo Eliza Samudio é semelhante a outros casos de jovens assassinadas que chocaram a opinião pública brasileira no século XX. No caso Dana da Teffé, a semelhança está em outro aspecto: a ausência de um corpo.

* Dana de Teffé (1961): o advogado Leopoldo Heitor foi acusado de matar a milionária tcheca Dana de Teffé para se apropriar da herança. Ela desapareceu quando viajava de carro do Rio para São Paulo em companhia de Heitor. A suspeita começou a recair sobre o advogado depois que ele apareceu com uma procuração falsa que o tornava administrador da fortuna de Dana, que não tinha filhos ou parentes próximos (a família dela morreu na Segunda Guerra Mundial). O advogado apresentou versões diferentes para o caso (sequestro por agentes comunistas e latrocínio) e foi absolvido em três julgamentos, apesar de ter entrado várias vezes em contradição. O detalhe que contou no fim foi o princípio básico criminal de que só existe delito de assassinato se existe cadáver. Leopoldo Heitor, que ficou conhecido como "o advogado do diabo", trabalhou em seu escritório no Centro do Rio até morrer, em 2001.

* Aída Curi (1958): no 14 de julho de 1958, a estudante Aída Curi (foto), foi jogada da cobertura de um edifício da Avenida Atlântica, em Copacabana (Zona Sul do Rio). As investigações indicaram que ela foi vítima de uma tentativa de estupro e foi atirada do apartamento para simular suícidio. Foram a julgamento o playboys Ronaldo Guilherme de Souza Castro, Cássio Murilo Ferreira e o porteiro Antônio João de Sousa. Por ser menor, Cássio foi cumpriu medidas socioeducativas no antigo Serviço de Atendimento ao Menor (SAM). Ronaldo e Antônio chegaram a ser condenados. Após cumprir parte da pena, Ronaldo foi viver no Espírito Santo. Antônio João de Sousa desapareceu.

* Cláudia Lessin Rodrigues (1977): no dia 26 de julho, o corpo de Cláudia, irmã da atriz Márcia Rodrigues, foi localizado amarrado com pedras em um penhasco na Avenida Niemeyer, na Zona Sul do Rio. Inicialmente, foi divulgada a versão de que a jovem morreu vitimada por uma overdose de drogas em uma festa de embalo, mas a perícia e as investigações feitas pelo detetive Jamil Warwar indicaram que a morte foi provocada por asfixia. O caso ficou marcado pela impunidade dos acusados: o playboy Michel Frank foi absolvido no segundo julgamento e fugiu para escapar de um novo júri. Ele foi assassinado em 1989 na Suíça, num crime envolvendo traficantes de drogas. O cabelereiro George Khour chegou a ser sentenciado por ocultação de cadáver, mas ficou detido por pouco tempo.

* Mônica Granuzzo (1985): a estudante de 14 anos foi se encontrar com o modelo Ricardo Peixoto Sampaio no apartamento deste, na Lagoa (Zona Sul). No dia 16 de junho, o corpo da jovem foi encontrado em um barranco e enrolado em um cobertor. A perícia indicou que Mônica morreu ao cair da varanda do apartamento de Ricardo, ao tentar fugir de uma tentativa de estupro. O modelo teria chamado Alfredo Patti do Amaral e Renato Orlando Costa, para desovar o cadáver. Alfredo e Renato foram condenados a um ano e cinco meses de cadeia por ocultação de corpo, mas cumpriram a pena em liberdade por serem réus primários. Ricardo foi sentenciado a 20 anos de prisão pela morte de Mônica, mas conseguiu liberdade condicional após cumprir um terço. Atualmente, ele mora no Rio de Janeiro.

Mércia Nakashima( 2010): de 28 anos foi encontrada morta na sexta-feira dentro de uma represa em Nazaré Paulista. Ela estava desaparecida desde 23 de maio, mas a polícia acredita que não tenha sido assassinada uma semana depois. Pelo estado em que o corpo foi encontrado, os legistas suspeitam que a morte ocorreu no máximo há 15 dias. O ex-namorado de Mércia é apontado como principal suspeito. Mizael Bispo dos Santos foi soldado e cabo da Polícia Militar, mas se aposentou por invalidez depois de ser atingido por uma descarga elétrica. Afastado da PM, se formou em direito e se tornou sócio de Mércia num escritório de advocacia.

Em menos de um mês a impresa começa a noticiar o caso de Eliza Samudio.

Eliza Samudio (2010): "Uma história hipotética: a moça grávida chega à delegacia, diz que foi agredida e mantida em cárcere privado pelo namorado. Conta que foi obrigada a tomar um abortivo e ameaçada de morte caso procurasse a polícia. Chora, mostra as marcas de agressão e pede ajuda. A delegada manda a vítima para o IML. Quer exames de corpo de delito e de urina, para saber se houve mesmo agressão e tentativa de aborto. Invoca a Lei Maria da Penha, criada para proteger mulheres vítimas de violência, para que a moça receba proteção. Aqui começa mais um capítulo da novela dos inquéritos brasileiros. Oito meses e meio depois, o acusado não foi ouvido, a delegada foi transferida e o exame de urina não está pronto -o IML defende-se sob o argumento de que ninguém pediu urgência nos resultados." por Cristina Grillo (Folha De São Paulo)


Dez mulheres são mortas por dia no País essa é a matéria da folha de São Paulo no dia 04/07/2010.

11/07/2010 Uma mulher é morta a cada duas horas no Brasil , deixando o país em 12 no ranking mundial de homicídios de mulheres. Jornal o Globo.

Em dez anos (de 1997 a 2007), 41.532 meninas e adultas foram assassinadas, segundo o Mapa da Violência 2010, estudo dos homicídios feito com base nos dados do SUS.
A média brasileira é de 3,9 mortes por 100 mil habitantes; e o estado mais violento para as mulheres é o Espírito Santo, com um índice de 10,3 mortes.
No Rio, o 8º mais violento, a taxa é de 5,1 mortes.
Em São Paulo - onde Eloá Pimentel, de 15 anos, foi morta em 2008 após ser feita refém pelo ex-namorado em Santo André, e que agora acompanha o desfecho do assassinato de Mercia Nakashima - a taxa é de 2,8.




Fontes Pesquisadas: http: //www.agenciapatriciagalvao.org.br

http://www.sidneyrezende.com/





Eliza escolheu uma forma nem um pouco interessante para ter uma vida de princesa,usando o próprio filho para obter um sonho de morar e gastar bem,mas isso não se leva o caso.


Eu acredito que muitas mulheres pensam desta forma errônea ,Um sonho a gente constrói começando de baixo,tijolinho por tijolinho...rs mas quem sou eu par julgar não é verdade ,mas meu intuito aqui não é julgar e sim fazer um alerta para meninas que sonham alto demais e acabam pagando com a própria vida.


Elisa foi uma menina linda criada por seu pai até os seus 20 anos...e era como todas nós, "uma mulher sonhadora"


Ela não merecia acabar assim morta e seu corpo não encontrado até hoje...


Se todos fizessem um pouquinho quem sabe não diminuiriam os assassinatos com nossas meninas...Pense nisso vc tb!


E seja quem for tem que ir pra CADEIA!


Caro leitor, os altos índices de agressão contra a mulher no Brasil exigem de todos nós um posicionamento e atitude que traduza o compromisso ético, político e público de contribuir para a erradicação desse tipo de violência. Lamentavelmente, casos como o de Elisa se multiplicam aos borbotões em todo território nacional, levando o cidadão a nítida impressão de que os que atentam contra a vida das mulheres não sofrerão maiores consequências.

Diante do exposto, queremos que os culpados pelo desaparecimento, morte e ocultamento de cadáver de Elisa sejam SEVERAMENTE punidos pela justiça brasileira.

Minha homenagem a ela...


E meu desprezo e repudio a estes Assassinos e covardes!.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Jogo de dama...



cante
suporte
sorria
console
pacifique
proteja
seduza
ligue
corresponda
antecipe
perdoe
sacrifique-se
mostre-se igual
fascine
respeite
encante
defenda-a
faça planos
enfatize
faça serenata
agrade
mime-a
se banhe
se perfume
elogie
faça uma surpresa
acredite
ajude
reconheça
seja gentil e educado
atualize-se
aceite
escute
entenda
volte ao começo e faça tudo de novo ...

Tenho mania de ser intensa!
Acima da moral ou da decência.
Nascí de braços dados com o direito de ser eu...
Autenticamente feliz com o juízo que me esqueceu!


Uma fada é uma mulher,
e uma mulher é uma fada,
e mais tudo o que quiser!
Uma mulher não é só ela,
só uma...
Uma mulher não se define,
é um ser sublime,
indefinível...
Uma mulher tem muitas faces,
muitas vidas dentro dela,
muitas fases e amores...
Tem, também, muitas dores
e muita garra, cabelos, pele...
Muitos olhares
(num deles você se perde)...
Porque ela é o caminho
e também a perdição!



Carolina Salcides

quinta-feira, 22 de julho de 2010




"Com todo perdão da palavra, eu sou um mistério para mim."
Clarice Lispector


"Ele disse: não chore que chorar enfraquece...
Eu disse: mas às vezes é como a chuva que se precisa quando tem estiagem demais e tudo fica muito seco."

(Clarice Lispector)

TUDO TEM O SEU TEMPO...

"Que o breve
seja de um longo pensar

Que o longo
seja de um curto sentir

Que tudo seja leve
de tal forma
que o tempo nunca leve."

(Alice Ruiz)






"Eu segurei muitas coisas em minhas mãos, e eu perdi tudo; mas tudo que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo."

(Martin Luther King)



"Ser anjo no mundo de hoje não significa outra coisa senão trazer a luz da diferença."

(Pe. Fábio de Melo)


"Os limites do mundo os meus pés não ultrapassam,
mas o que de mais alto existe, minha alma alcança."

(Pe. Fábio de Melo)







"O tempo todo. Acho que a felicidade é uma espécie de susto; quando você vê, já aconteceu. Ela é justamente uma construção pequena de todos os dias. É como se estivéssemos fazendo uma casa que, a cada dia, precisamos fazer mais um pouquinho. A felicidade não é o resultado da 'casa final', mas a alegria de saber que você a está construindo. É isso que nos faz felizes. Muitas vezes, nós não nos sentimos felizes porque compreendemos que a felicidade é um destino final, mas não o é; é o processo que nos realiza."

(Pe. Fábio de Melo)

quarta-feira, 21 de julho de 2010

INVISSIVEL. ..



Não me devolva o sapatinho que perdi
Prefiro o prazer da liberdade
dos meus pés descalços.
Não me acorde do êxtase
provocado pela doce maçã enfeitiçada
que minha curiosidade me levou a provar.
Não reduza meu espaço
Ao teu reinado.
Não me retire da minha torre
Prá me trancar em teu castelo.
Domei dragões
e desfiz feitiços.
Já sou feliz pra sempre!
-Fabiane Ponte-








Para que me vejas

Realço cabelos e unhas em vermelho

Orno-me com brincos de cigana

Visto-me de cores exuberantes

E comporto-me como aqueles que sabem, foram e viram


Ainda assim, tu não me vês

Nunca fui assunto teu

Talvez um mau assunto de outros, talvez...


A dor de ser invisível

Faz desde sempre companhia à dor de ser sozinha.


Por vezes não basta ser absoluta, brilhando no céu, ainda que cheia


Pois sempre chega o dia em que a Lua é Nova, e só lhe resta sonhar com Eclipses.


-Fabiane Ponte-

CONCLUSÃO...

Por favor me devolve a inocência
Que atirei
No quintal lá fora aonde
Plantei teu medo...



Mais fácil julgar...
Do que ter que olhar
Prás próprias mentiras.
Mas agora chega!!!
Não sou ovelha negra,
Nem qualquer
Menina da vida...



Você me fez acreditar
Que eu era a princesinha
Do teu castelo...

segunda-feira, 19 de julho de 2010


Já bati contra o muro
Já me vi em ruas sem saídas
Já chorei muito, mas já ri muito mais.
Porque não há parede que me bloqueie
Escuro que me afugente
Eu vivo a vida urgente!
Eu posso voar se chegar no fim...
Porque não há fim para uma alma eterna.
Não há breu onde há brilho
E eu brilho sim meu bem!
Eu deixo minha marca
Te dou o meu sorriso
Minhas palavras...
Meus olhos falam por mim
Não preciso de definições.
Minha face me define
O clima me destingue.
Não sou musa, bem que queria
Ser arte,
mas não ser julgada pelo olhar comum.
Quero um olhar detalhado, estudado
Não palavras ditas só por dizer
Ser admirada, ponto a ponto de uma arte
Nem um pouco abstrata.

Carolina Salcides

CONCLUSÃO...


Eu juro me abrir em setembro...
Porque em setembro eu sempre estou pronta.
Não me esforço...
Abro-me, simplesmente.

Ando melhor por meus campos...
Em setembro eu me tenho.
E me tendo, sou toda tua.
Como as flores são da primavera.



Bilhete do dia...

Toca-me mais.
Beba sem pressa...
Coma com fúria.
Atente-se aos detalhes:
Laços e fitas
Caras e bocas.
Desvende os olhares...
Adivinhe o que eu nem sei o que quero.
Surpreenda.
Embriague-se um pouco...
Mas não fique bobo.
Proteja-me...
Desgoverne meu reino
Bagunce minha ordem.
Viole meus segredos
E não tenha medo.
Eu não mordo!
Só um pouquinho...
Vale tentar...
Na próxima lua,
Eis a previsão:
Serei Toda Tua.





Tudo já não foi dito?
Sentido?
Mostrado?
O que mais posso dizer?
Quanto mais posso me abrir se já estou às avessas?
Tudo bem não sou mais a mesma... depois te tantas viagens...
Mas vê a água: percorre paisagens, se funde e se separa
E continua sendo água.

Sou àgua.

(((Carolina Salcides)))




ATÉ AO FIM DO FIM
Então está tudo dito meu amor
Por favor não penses mais em mim
O que é eterno acabou conosco
É este o princípio do fim
Mas sempre que te vir eu vou sofrer
E sempre que te ouvir eu vou calar
Cada vez que chegares eu vou fugir
Mas mesmo assim amor eu vou-te amar
Até ao fim do fim eu vou-te amar
Então está tudo dito meu amor
Acaba aqui o que não tinha fim
P'ra ser eterno tudo o que pensamos
Precisava que pensasses mais em mim
P'ra ti pensar a dois é uma prisão
P'ra mim é a única forma de voar

...

Eu por mim só a ti queria agradar
Mas sempre que te vir eu vou sofrer
E sempre que te ouvir eu vou calar
Cada vez que chegares eu vou fugir
Mas mesmo assim, amor, eu vou-te amar
Até ao fim do fim eu vou-te amar.




Estou tão certa, tão séria e capaz...
Estou ausente, presente, sem horas...
Estou fora do tempo, dos dias, dos outros
Estou dentro de mim.
Estou ocupada construindo minha felicidade.
A areia do tempo me invade...
Meus fiéis companheiros me seguem
E meus dias têm sido como um banho de sol.
Ser feliz e amada me consome toda.
Nunca estive tão inteira...
Terrena.

Que nossa VIDA se divida,de VIDA em VIDA!!







http://blogdamorg.wordpress.com/2009/07/13/um-amor-a-prova-da-leucemia/[reflexão]


"Doar órgãos é eternizar uma parte de você, fazer com que a gratidão faça da saudade apenas um detalhe."
São por essas e outras coisas que sabemos o quanto vale a pena lutar por essa causa tão nobre!
Obrigada
Um grande beijo:Mell




video


Ser feliz é ajudar a quem necessita
de ajuda, sem esperar recompensa
e proporcionar confiança aos corações
vazios; é dar um pouco de si, não
apenas pelo prazer de se dar, mas
pela alegria sincera de ver a felicidade
estampada no rosto de alguém.



...E se é mesmo verdade que o tempo não volta,também deveria ser verdade que os amigos não se perdem...


domingo, 18 de julho de 2010


...trouxe medos!





Sei que não foi fácil estancar
Mas agora está seguro em segredo
Deite comigo em meu lugar...
Não repare minhas loucuras
Nem mesmo meus devaneios
Somos viventes porque sonhamos
E contigo sonho em segredos!

Aqui "dispo" toda a minha timidez; Todos os meus sonhos contidos; Todos os meus desejos da minha pequenez; No meu coração à tanto tempo escondidos...


sábado, 17 de julho de 2010

VAZIO...


Poderia sugerir que parasse aqui ou quem
sabe não dizer nada, apenas me afastar.
Na verdade, continuo vivendo e iludindo.
Não quero que seja assim e não faço por mal.
Quando vejo já disse o que não deveria,
Já fiz planos, já sonhei, já levei longe demais.
Não há como voltar.
Às vezes penso que não sei amar, que tudo
está errado e que o melhor é ser só.
Mas quando penso na dor de tudo o que vivi.
Quando lembro toda a espera, toda a angustia,
as lágrimas, alegrias e tristezas.
Eu tenho a certeza que tudo foi válido.
Não há crescimento sem dor, não existe acertos
sem erros e que tudo é uma busca constante.
Não dá pra deixar de viver.
Evitar sofrimento, não é evitar e sim tardar.
Eu quero viver tudo o que tiver pra viver.
Tudo o que for e do jeito que vier.
Se por fim, não for como pensei...Pelo menos sonhei.

INSÔNIA...

Abro cartas, rasgo fotos e escrevo
queria rasgar lembranças
deveria voltar e fazer diferente
não há volta, não há como refazer
não se pode olhar e fingir que não existiu
não existem meios de ignorar as lembranças
Os erros que cometemos aparecem como
um trailer dos "piores" momentos,
é só fechar os olhos e lá estão todas as imagens
nos mínimos detalhes.
Engraçado como agora tudo se torna claro,
engraçado como depois de passado
sabemos exatamente como deveria ter sido.
E sabemos que poderia ter sido diferente
e não foi.
Foi como deveria ser ou agora não haveria sentido algum.


Na verdade tenho muito a dizer
dizer que andei caminhando, tropeçando,
caindo e rastejando..e então levantando
dizer que aprendi e que aos poucos " já conheço as pedras
do caminho", que o espelho que antes refletia,
não reflete mais nada.
Nada além de aparencias.
E o que aparenta não é o que verdadeiramente é
O espelho não reflete o verdadeiro brilho dos olhos,
não reflete o verdadeiro sorriso, não reflete as verdadeiras
lágrimas, não lê a alma...

Perdi a conta de quantas e quantas vezes chorei por um amor,
tantas e tantas vezes não dormi pela falta desse mesmo amor e
sinceramente?! foi preciso tudo, foi preciso dar tudo de mim,
largar tudo, ir abaixo de mim mesma, ir além do meu falso
orgulho, chorar, esbravejar, pedir, sofrer, pra provar a mim
mesma que tudo não passava de falta de amor.

Estranho né?!
Não na verdade, agora talvez lucida ou totalmente insana
...nem sei em qual estágio me encontro...
sei que não foi amor, nenhum amor vai além do amor por si
mesmo, ninguem ama realmente o outro a ponto de destruir-se
O amor constroi-se junto, o amor renasce, aumenta...
Ninguem ama sozinho e ninguem luta sozinho pra manter um amor.
Na verdade o amor não é uma batalha onde um ganha e o outro perde,
ou todos ganham ou não é amor é ilusão.

E eu aprendi que o tempo que gastei com ilusões foi o bastante,
foi tempo suficiente pra deixar de amar a mim mesma e
então eu não amava!
Eu sofria por algo inexistente, por algo ilusório

Quero renascer, estou renascendo, vivendo e aprendendo
a cada dia que não quero viver ilusões;
quero viver verdadeiramente desse amor que hoje encontro em mim
e que reflete nos olhos.

VAZIO...

Poderia sugerir que parasse aqui ou quem
sabe não dizer nada, apenas me afastar.
Na verdade, continuo vivendo e iludindo.
Não quero que seja assim e não faço por mal.
Quando vejo já disse o que não deveria,
Já fiz planos, já sonhei, já levei longe demais.
Não há como voltar.
Às vezes penso que não sei amar, que tudo
está errado e que o melhor é ser só.
Mas quando penso na dor de tudo o que vivi.
Quando lembro toda a espera, toda a angustia,
as lágrimas, alegrias e tristezas.
Eu tenho a certeza que tudo foi válido.
Não há crescimento sem dor, não existe acertos
sem erros e que tudo é uma busca constante.
Não dá pra deixar de viver.
Evitar sofrimento, não é evitar e sim tardar.
Eu quero viver tudo o que tiver pra viver.
Tudo o que for e do jeito que vier.
Se por fim, não for como pensei...Pelo menos sonhei.

DESABAFO...


ATÉ AO FIM DO FIM
Então está tudo dito meu amor
Por favor não penses mais em mim
O que é eterno acabou connosco
É este o princípio do fim
Mas sempre que te vir eu vou sofrer
E sempre que te ouvir eu vou calar
Cada vez que chegares eu vou fugir
Mas mesmo assim amor eu vou-te amar
Até ao fim do fim eu vou-te amar
Então está tudo dito meu amor
Acaba aqui o que não tinha fim
P'ra ser eterno tudo o que pensamos
Precisava que pensasses mais em mim
P'ra ti pensar a dois é uma prisão
P'ra mim é a única forma de voar

...

Eu por mim só a ti queria agradar
Mas sempre que te vir eu vou sofrer
E sempre que te ouvir eu vou calar
Cada vez que chegares eu vou fugir
Mas mesmo assim, amor, eu vou-te amar
Até ao fim do fim eu vou-te amar

DESABAFOS...


"Até na pessoa mais cansada o amor é como um despertar."




Olhos de luz...
Que me permita conservar o ESPIRITO jovem e o coração aberto sem envelhecer.
O ser humano envelhece apezar do extinto de conservação,mais a função do Espirito é manter a juventude.Você ai se considera uma pessoa idosa ou velha?ou acha que tudo é a mesma coisa?pois bem vamos la!! Idosa é uma pessoa que tem muita idade. Velha é a pessoa que perdeu a jovialidade.
A idade causa degenerescência das células. A velhice causa a
degenerescência do espírito. Por isso nem todo idoso é velho e há
velho que ainda nem chegou a ser idoso.Você é idoso quando sonha. É velho quando apenas dorme.Você é idoso quando ainda sente amor. É velho quando só tem
ciúmes e sentimento de posse.
Você é idoso quando o dia de hoje é o primeiro do resto de sua
vida. É velho quando todos os dias parecem o último da longa
jornada.Você é idoso quando o dia de hoje é o primeiro do resto de sua
vida. É velho quando todos os dias parecem o último da longa
jornada.
Você é idoso quando seu calendário tem amanhãs. É velho quando
seu calendário só tem ontens.
O idoso é aquela pessoa que tem tido a felicidade de viver uma
longa vida produtiva, de ter adquirido uma grande experiência.
Ele é uma ponte entre o passado e o presente, como o jovem é uma
ponte entre o presente e o futuro. E é no presente que os dois se
encontram.
Velho é aquele que tem carregado o peso dos anos, que em vez de
transmitir experiência às gerações vindouras, transmite
pessimismo e desilusão. Para ele, não existe ponte entre o
passado e o presente, existe um fosso que o separa do presente
pelo apego ao passado.
O idoso se renova a cada dia que começa; o velho se acaba a cada
noite que termina. O idoso tem seus olhos postos no horizonte de
onde o sol desponta e a esperança se ilumina.
O velho tem sua miopia voltada para os tempos que passaram. O
idoso tem planos. O velho tem saudades. O idoso curte o que resta
da vida. O velho sofre o que o aproxima da morte.
O idoso se moderniza, dialoga com a juventude, procura
compreender os novos tempos. O velho se emperra no seu tempo, se
fecha em sua ostra e recusa a modernidade.
O idoso leva uma vida ativa, plena de projetos e de esperanças.
Para ele o tempo passa rápido, mas a velhice nunca chega.
O velho cochila no vazio de sua vida e suas horas se arrastam
destituídas de sentido. As rugas do idoso são bonitas porque
foram marcadas pelo sorriso. As rugas do velho são feias porque
foram vincadas pela amargura.Em resumo quantos jovens por ai com a vida toda pela frente são tão velhos e quantos idosos são tão jovens e estão por ai distribuindo alegria entusiasmo...VIDA...VIDA
Forte nao?



Desistir? Ou talvez não?

Existem alturas em que me apetece baixar os braços...Desistir...



Dispo-me da minha alma
Dispo-me da minha pele
Arranco-me todos os sentimentos
Despadaço o meu próprio coração
Dispo-me de todas as minhas dores
As tuas dores. As minhas. As dores deste e daquele.
Hoje quero esquecer quem fui. O que sou.O que foste.
Hoje quero esquecer tudo.
Esquecer, esquecer e esquecer
Hoje preciso manter-me à tona da linha de água
Hoje preciso encontrar de volta o caminho
Recomeçar exactamente no mesmo sitio onde me perdi
Onde me perdi de Ti
Talvez...
porque nunca é tarde para o dizer...





Hoje...
Sinto que vesti uma pele que não é a minha!





Diz o meu nome
pronuncia-o como se as sílabas te queimassem os lábios
sopra-o com a suavidade de uma confidência para que o escuro apeteça
para que se desatem os teus cabelos
para que aconteça
Porque eu cresço para ti
sou eu dentro de ti que bebe a última gota
e te conduzo a um lugar sem tempo nem contorno
Porque apenas para os teus olhos sou gesto e cor
e dentro de ti me recolho ferida e exausta dos combates sem que a mim própria me venci
Porque a minha mão infatigável procura o interior e o avesso da aparência
porque o tempo em que vivo morre de ser ontem
e é urgente inventar outra maneira de navegar
outro rumo,
outro pulsar para dar esperança aos portos que aguardam pensativos
No húmido centro da noite,
Diz o meu nome como se eu te fosse estranha
como se fosse intrusa para que eu mesma me desconheça
e me sobressalte quando suamente pronunciares

O meu nome... meu nome...

Melancolias de mim...




.decisões.
Tem certos momentos na vida que precisamos tomar decisões.
Decisões que podem mudar tudo.
E são elas que tem me assombrado tanto,me deixado tão inquieta e insegura.
Peço a Deus que TUDO se resolva porque sei que sem ele eu não posso!
Sozinha eu não consigo.
Amém.



"...ou talvez eu precise de férias,um porre e um novo amor."


video



.decisões.
Tem certos momentos na vida que precisamos tomar decisões.
Decisões que podem mudar tudo.
E são elas que tem me assombrado tanto,me deixado tão inquieta e insegura.
Peço a Deus que TUDO se resolva porque sei que sem ele eu não posso!
Sozinha eu não consigo.
Amém.



"...ou talvez eu precise de férias,um porre e um novo amor."


video

sexta-feira, 16 de julho de 2010

SANIDADE...




...O céu esconde oque eu queria ver.
Estrelas são olhos na escuridão.As noites inundada pela imensidão
invade as portas da solidão.
No universo nada é separado ,nada é excomungado é so união.
O resto é ilusão... entre o caos e a ordem se fez a conciliação...
Oh!!então de quem é a sanidade??se tens medo com pedras na mãos?
Oh!! então de quem é a verdade?
quando ainda lavam -se as mãos?
Sabe queria ter uma vida normal...
Queria poder sentir mais igual...
Queria poder dormir quando a noite vem...
Queria poder sonhar com flores caindo das maõs...
Mas há uma cruz pesada em mim.
São espinhos que não para de sangrar em vão.
Tantas culpas inventadas...
Então de quem é a sanidade???
Quantos ainda me espera com pedras nas mãos?
de quem é a verdade??
Quantos ainda so lavam -se as mãos?
Eu so queria dormir um pouquinho e sonhar com flores caindo
das mãos...














É surpeendente!!! Como você consegue falar direto com meu coração
Sem ao menos dizer uma palavra? você consegue de uma maneira tão sua iluminar a escuridão.
Mesmo que eu tentasse, eu nunca conseguiria explicar
O que eu ouço quando você não diz nada... video


O universo gira em mim
E o tempo é ilusão...
Dou de volta o que eu quis
Só pra ser feliz...
Mudo regras e sinais
Viro contramão...
O que fui eu não sou mais
O que vem se vai
Nada é permanente nem igual
E continua a mudar....
Quero ir além!!!
Ver o bem que está dentro do mal
E aprender a aceitar
Tudo o que vem, tudo o que vai
Tudo que foi e o que sou
Tudo que tenho e o que não tenho...
E tudo que a vida me negou.
Eu ando zen
Eu ando ninguém
E deixo sempre dúvidas soltas no ar...
Não sei dizer, não procuro saber
Nem tão pouco tento adivinhar... talvez
Um mergulho em outro mar.Quem sabe?
O fundo da questão é:Gosto de trocar
tudo de lugar, mudar de estação
Eu nasci pra inventar, adoro recriar do nada...
com o tempo aprendi a caminhar pela margem da estrada
e ficar observando lentamente tudo passar...
meio que deixar tudo existir...
Eu insisto em chegar e partir...
Quero filmar outro filme de mim
Num roteiro sem fim!!!

quinta-feira, 15 de julho de 2010

sussurro...


Sussurro

Não me olhou
Não me deu a honra do seu perdão
Não me apontou o caminho
Da salvação

Não morou em meu peito
Esqueceu a vontade
Recusou minha ternura
Negou a realidade

Não viu que me feriu,
Não percebeu que me cortou,nen tão pouco
percebeu que me afastei
Infeliz o momento que fechou os olhos
Flutuou, levou me embora
Cortou minhas asas
Me fez despencar.

Não me sentiu
Não me beijou
Não me mostrou a verdade
Não me aceitou

Sussurrou..
Em meu ouvido,
bem baixinho:
"Não te quero mais"

video



"... Engulo a loucura porque ela me alucina calmamente."
Clarice Lispector video


AH! SE MEUS DESEJOS FALASSEM... PODERIAM QUEM SABE, CONVERSAR COM OS TEUS...




Esse seu olhar
Quando encontra o meu
Fala de umas coisas
Que eu nem posso acreditar
Doce é sonhar e pensar que você
Gosta de mim, como eu de você
Mas a ilusão, quando se desfaz
Dói no coração de quem sonhou
Sonhou demais
Ah! Se eu pudesse entender
O que dizem os teus olhos


( Tom jobim)

PALAVRAS SOLTAS...



Para lá da pele, doce de tão suave, que quase transparece ternura...onde cheiro cada luar...estão deitados, todos os sentidos que me fazem recordar o teu beijo...o toque da tua mão no meu peito...os teus olhos como raio de sol...o prazer dos teus dedos...deitados, perdidos, atropelando o uso de regras...fugindo de tudo o que é correcto...para lá da minha pele...estás tu e os meus sentidos, de mão dadas, a gritar por mim...e eu aqui...simplesmente sentada a pensar em ti...para lá do mar...existe um vento...quem dera que por momentos me levasse nas suas asas e me largasse...bem perto de ti...♥




...descobri algo sublime, que de ser tão meigo lhe chamei ternura... enrolei mil beijos em papel de seda, que atei com laço de cetim...esconde-los só não chegou...quis ter a certeza que não perdia nenhum...apertei-os junto do meu peito...pensei que o mundo não estava feito para mim...perdida por pontos e palavras...falsas rimas e afins...melodias tortas e enfeitadas...suspiros, sorrisos sussurros envergonhados...e entreguei-me completa ao rasto das tuas asas...disseste-me um dia...que adormeci...